O Blog e seus motivos de existir

Este Blog foi criado com a finalidade de informar aos leitores, tudo sobre Guilherme Kalel e sua equipe de trabalho

Guilherme Rodrigues de Azevedo - Jornalista Guilherme Kalel
Nascido em 28/07/1990, na cidade de Franca, SP, é deficiente visual, jornalista e programador
Desenvolveu no ano de 2007 seu primeiro Site de notícias, que com o passar dos anos e múltiplos acessos, se transformou no hoje Kester 10 G

Como fã incondicional de seu trabalho, sigo seus passos desde 2015, e fundei este Blog para contar a vocês sobre os bastidores do Site e da vida de Kalel
Com a restauração de sua marca em 2018, também o Blog foi remasterizado e ganhou uma nova cara, nova roupagem, além de novas postagens

Kester Play liberado, novo livro a vista

Olá pessoal.
Depois de alguns dias sem passar por aqui, cá estou novamente.
E tenho novidades a compartilhar com vocês.

A primeira delas é que a Equipe Kester teve um contratempo nesta quinta-feira, 17 de janeiro.
Por isso, desde a tarde deste dia, os sites ficaram fora do ar.
Não por um problema com Hackers como aconteceu no começo do mês, mas sim por conta de uma questão técnica.
Uma peça do servidor em que o site estava hospedado acabou apresentando um problema.
Então, o servidor acabou ficando Offline e fazendo o mesmo com os sites da Onor.
O problema foi resolvido na tarde desta sexta, quando o site voltou a ativa.
Já a noite, o Kester Play liberou o primeiro livro da sua série.
Trata-se de "Herói", de Guilherme Kalel.
Antes de falar dele porém, falemos da Golden.
Este é o nome da editora Kester inaugurada neste 18 de outubro.
O serviço de editoria funciona dentro da Onor Kester e seria como uma Marvel.
Para publicar revistas e conteúdo de entretenimento aos leitores.
Vai concentrar as publicações que antes ficavam em um espaço chamado Onorteca, e que agora estão dentro do link que recebe o nome da editoria no Site.

Agora falando do livro.
Surpreendentemente, Guilherme Kalel liberou o primeiro capítulo em modo público.
Ou seja, qualquer um pode ler, acessando
http://kester.net.br/heroi/index.html
Mas, para ler os demais capítulos as pessoas precisam assinar o Kester Play.
Cada assinatura custa R$ 20,00, valor pago mensalmente.
E parte dos recursos arrecadados como bem sabemos, são destinados a medicação Sorilis, usada por Kalel no combate a HPN.
Quem assina, além de ter conteúdo de qualidade ainda ajuda o Jornalista em seu tratamento de saúde.
Cada dose da medicação, custa R$ 12 Mil.

Agora em relação ao livro propriamente dito, caso a parte.
A historia começa de maneira surpreendente e conta sobre Oriel Siberlink.
Um empresário inglês, que herdou a fábrica de medicamentos de seu avô, e agora toca ela.
Mas, quando o livro começa, revemos Oriel numa releitura de tudo o que aconteceu em sua vida.
Ele conta coisas de sua infância e adolescência, até chegar a fase adulta.
Conta como conheceu Kate, um grande amor. E que já recebemos o adiantamento de que é assassinada ao longo da historia.
Para punir os assassinos de sua amada, Oriel vai acabar descobrindo que faz parte de um seleto grupo de pessoas com super poderes, e se transformará em um herói, para lutar contra o crime em Londres.
Posteriormente, o herói pode aparecer em outros livros de Guilherme Kalel, e de outros autores da Golden.
Na verdade ele já apareceu.
A primeira vez que escutamos falar de Siberlink, foi no livro "A Mulher do Presidente".
Escrito por Guilherme Kalel e Sofia Granzzoti, o texto está sendo publicado Online de segunda a sexta-feira, e já teve 10 capítulos divulgados.
Tem tiragem de 2 milhões de acessos e está entre os mais acessados da editoria.

Reflexões e a necessidade da Sorilis

As vezes algumas coisas que acontecem, deixam as pessoas para pensar e refletir.
Vamos aos dados então.

A Onor Kester 10 G, divulgou nesta sexta-feira, 11, os dados de acesso dos seus Sites.
O Portal Kester tem a tiragem de 2,5 milhões de acessos.
No dia 1º de janeiro houve um acesso em massa ao Site de mais de 3 milhões, por conta da cobertura dada a posse de Jair Bolsonaro.
No entanto o total de pessoas que acessam todos os dias é de 2,5 milhões.
Gente que, escolheu o Portal como seu meio de informação, e que acessa todos os dias para ter maior conhecimento das notícias.
O que torna este portal diferencial aos outros, é a proximidade de seus colaboradores com o leitor.
Há sempre notícias entre os principais acontecimentos do mundo, que dão conta de bastidores e projetos do Portal.
Isso o torna diferente e ao mesmo tempo único para seus acessantes.

Se 2,5 milhões de pessoas acessam ao site, o número de pessoas que acessam a Onorteca também é grandioso.
Hauei é o livro mais acessado dentro do espaço, com 2,2 milhões de acessos.
Em seguida, vem "A Mulher do Presidente", que tem 2 milhões.
Seguida de "Caminhos para o coração", com 1,9 milhão de acessantes.
Por esta base podemos ver que o Site poderia se dizer, é um sucesso.
Mesmo tendo passado por períodos conturbados no ano passado, deixado de operar por alguns meses e regressado após uma restauração e sob nova direção em dezembro passado.

O que não consigo entender, é o tempo de resposta dos leitores do site, quando acontece algo que os chama a contribuir de alguma forma com as pessoas.
O serviço Kester Play, foi anunciado no começo do mês.
E desde 7 de janeiro, assinaturas que forem realizadas estão concorrendo a um carro zero.
Uma estratégia para manter as pessoas interessadas em assinar.
E que não tem dado muito certo.
Ainda não chegou a 1000, o total de pessoas que assinaram o serviço, que vai trazer conteúdo para as pessoas a partir de 28 de janeiro.
Serão Podcasts, livros e muito mais.
Por um baixo preço, apenas R$ 20,00 mensal.
Parte do que se conseguir arrecadar com esse valor, vai servir para ajudar na compra do medicamento Sorilis.
A injeção é importada e custa R$ 12 Mil cada dose.
Guilherme Kalel, Presidente Kester, necessita de doses deste medicamento por mês, para tratar um problema de saúde.
Sem as doses da Sorilis, Guilherme pode ter complicações e até morrer, sem exageros.
Ele deveria ter tomado a última dose da medicação na quinta-feira, 10 de janeiro, mas não tomou.
Isso porque, as assinaturas não são suficientes para adquirirem a droga, que tem um custo mensal de mais de R$ 72 Mil para ser aplicada ao paciente.
É necessário que as assinaturas fossem feitas em maior número, para que ele tivesse acesso ao medicamento.
Guilherme tinha injeções, que permitiriam ao jornalista tomar e se tratar.
Mas esses recursos foram roubados de sua conta bancária no ano passado, por um ataque Hacker.
Embora esteja sendo tentado reaver os valores, por hora nada foi recuperado.
A polícia brasileira não consegue rastrear o dinheiro, que passou por dezenas de contas falsas antes de desaparecer.
E nem o banco e nem ninguém, foi responsabilizado ou obrigado a devolver as quantias.

A situação é séria, e estamos falando de uma vida.
Por isso acho que todas as pessoas que aqui leem esta, devem por a mão na consciência, e refletir.

Líder de organização criminosa que atacava Guilherme Kalel e a Onor Kester é morto na cadeia

Nesta quinta-feira, 10 de janeiro, morreu na cadeia em São Paulo, Gustavo de Oliveira, de 32 anos.
Ele era um dos líderes da organização criminosa que nos últimos anos, vem protagonizando uma série de ataques e ameaças contra Guilherme Kalel e a Onor Kester 10 G.
Não há informações sobre as condições em que sua morte ocorreu, mas com certeza é uma praga a menos nesse mundo.

Podem pensar que sou insensível a dor da família.
Porém, uma pessoa que faz o que faz, como faz, prejudicando os outros sem motivos ou nexo, sem senso da realidade, é isso que merece na minha opinião.
A máxima de que quem faz o mal, o mal recebe, se provou eficaz no caso de Gustavo.
Resta saber agora, se com sua morte a organização será desestimulada a seguir com os atentados e prejudicações que tem feito.

Kester ganha novos integrantes hoje

Hoje a equipe Kester recebeu um reforço de colaboradores em quase todas as suas áreas.
São novos jornalistas, programadores, e assessora, além de um serviço de suporte ao cliente.
Tudo para garantir ao leitor, a melhor experiência e o melhor conteúdo através de suas páginas.
As nomeações foram assinadas na quarta-feira, 9, por Sofia Granzzoti, que preside a marca neste momento.
Desde 7 de janeiro, Guilherme Kalel está afastado de suas funções administrativas após passar por uma cirurgia cardíaca em São Paulo.
As nomeações começam a ter validade nesta quinta, 10, e seguem até terça-feira, 15 de janeiro.
As primeiras pessoas a tomar posse, são a Assessora Larissa Rial, que em outro momento já integrou a equipe.
E as jornalistas Isabella Hous e Priscilla Hous.
Em breve vamos trazer detalhes de cada uma das novas integrantes do site.
Quem também começa hoje é Jenifer Ortiz, correspondente especial direto de Nova York.

Guilherme Kalel passa por intervenção no coração

Guilherme Kalel passou na manhã desta segunda-feira, 7, por uma intervenção cardíaca de emergência.
O procedimento foi realizado pelas médicas Giovana Granzzoti e Poliana Martins.
De acordo com informações obtidas pelo Blog, houve uma complicação no procedimento o que fez ser mais demorado do que o esperado.
Mas nesse momento, o paciente recupera-se na UTI.
Não há maiores informações sobre os motivos que levaram a intervenção a acontecer.
O Blog tem tentado coletar dados mas estão muito restritos neste momento.

Guilherme Kalel passa por cirurgia em SP

Notícia urgente em nosso Blog.
Está sendo submetido na manhã desta segunda-feira, 7 de janeiro, a um procedimento cirúrgico cardíaco, nosso ídolo Jornalista Guilherme Kalel.
Não sabemos ainda ao certo o que de fato ocorreu, nem a razão pela qual ele está sendo submetido a prática.

A médica Giovana Granzzoti é quem lidera a operação, acompanhada de Poliana Martins e de outros médicos de Kalel.
A cirurgia começou as 7h da manhã, horário que ele deu entrada no centro cirúrgico.
Não sabemos ao certo quanto tempo vai levar, porque não temos informação de qual procedimento está sendo realizado.
Não havia qualquer indicativo de que essa cirurgia fosse acontecer nos últimos dias.
Portanto isso pode sugerir, uma motivação emergencial.
Sabíamos que Guilherme precisava passar no ano passado por uma Angeoplastia, mas o procedimento foi adiado por duas vezes por más condições de saúde do paciente.
Aguardamos maiores detalhes e repassaremos assim que soubermos ao nosso leitor.